preload

SEO incrementa estratégias de Marketing de Conteúdo

Por ZOOM Comunicação

Postado em 30/10/2019

SEO é o  queridinho do momento, significando que, além de contribuir com a produção de um conteúdo de qualidade (como esse, por exemplo), requer atenção com as regras do Google para aparecer nas primeiras posições.

SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, ou seja, “Otimização para mecanismos de buscas” que, no Brasil, também é conhecido como “Otimização de Sites”, sendo  o processo para ficar bem posicionado em mecanismos de busca, como o Google, de forma “natural”, “orgânica” ou “gratuita”. SEO gera reputação para a marca, tráfego e vendas.

 

Como utilizar SEO nos conteúdos?

Em primeiro lugar, tenha em mente que o algoritmo do Google é extremamente inteligente e identificará qualquer tentativa para burlar as regras. Um site bem posicionado requer uma boa indexação e conteúdo de qualidade para proporcionar uma melhor experiência ao consumidor. O seu site é relevante se for, de fato, o melhor resultado para uma determinada pesquisa.

O disputado Google valoriza a qualidade e quantidade e você deve investir em matérias (no caso de blog) extremamente informativas com, no mínimo, 300 caracteres.

É fundamental entender como o Google funciona para elaborar uma estratégia eficiente de SEO.

As buscas nesse mecanismo são divididas em dois grupos: resultados orgânicos (gratuitos) e os que são pagos.

 

E os bots (robôs) do Google?

Os robôs do Google funcionam como rastreadores, buscando páginas na internet, entrando em cada um dos links, “lendo” o conteúdo disponível, salvando o que encontrarem dentro dos servidores do Google.

Dessa forma, todo o conteúdo fica organizado e bem segmentado para proporcionar os melhores resultados às pesquisas  dos usuários sobre um termo específico.

Apesar do que muitas pessoas acreditam, o Google não valoriza os sites da mesma forma que o usuário.
Quando se pensa em visibilidade para os mecanismos de busca, é fundamental lembrar que, ao contrário dos usuários, os robôs não conseguem visualizar javascript e imagens, mas apenas texto e código.

Ao estruturar o seu site ou blog post com imagens, deve-se trabalhar bem o texto alternativo (alt text) de cada uma delas, colocando uma descrição completa para auxiliar os robôs a entenderem  o conteúdo daquela figura.

Quando não se foca em texto alternativo para as imagens, o Google acaba considerando esses espaços como furos no site. É como se toda essa área das imagens fosse um fundo branco, sem conteúdo relevante para os leitores.
Lembre-se que um bom texto alternativo em imagens também ajuda em questões de SEO e ranqueamento.

 

Veja também: Invista em produção audiovisual

Em: home, Posts

Sobre o autor

ZOOM Comunicação

 

Invista em produção audiovisual

In home, Posts
Posted on out 18 2019 at 17:19

As estratégias de conteúdo devem considerar a produção audiovisual, porque  já faz parte da rotina [...]

Read More

Inbound ou outbound marketing: Qual é a melhor estratégia?

In home, Posts
Posted on set 27 2019 at 13:18

Muito provavelmente, você já escutou a expressão inbound marketing. Afinal, é um conceito cada vez [...]

Read More

Como escolher a hashtag certa para seu negócio

In home, Posts
Posted on set 18 2019 at 15:08

Se você quer que seu conteúdo seja encontrado nas redes sociais, provavelmente, já usou as [...]

Read More