preload

A DIFERENÇA ENTRE RGB E CMYK

Por ZOOM Comunicação

Postado em 05/07/2019

Se você já se aventurou pela produção de materiais gráficos, possivelmente se deparou com essas duas siglas: RGB e CMYK.

 

Você sabe o que significam?

A definição de RGB é red, green e blue, as três cores luz formadoras do espectro de luz em monitores e aparelhos digitais. Juntas e com variações pré-definidas, permitem criar diversas cores em uma tela. Por outro lado, o termo CMYK faz referência as chamadas cores pigmento: Ciano (C), Magenta (M), Amarelo (Y) e Preto (K). A função dessas cores  é muito parecida com o que acontece para modelos digitais.  Em teoria, juntas em porcentagens de sobreposição corretas, as 4 cores podem elaborar qualquer outra cor que se vê em um material gráfico.

Por serem cores luz, quando sobrepostas em sua totalidade, as cores RGB resultam na cor branca.  Além disso, no caso das cores CMYK, a sobreposição total das mesmas gera a cor preta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(As cores luz, RGB, formando  a cor branca no centro)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(as cores pigmento, CMYK, formando  a cor preta no preto)

 

A diferenciação e entendimento dos modos de cores em processos gráficos é ainda mais importantes. Mesmo os materiais que em algum momento serão impressos, passam por um período de produção nas plataformas digitais. Através de programas de edição gráfica é possível trabalhar esses canais durante o processo de criação para prever um resultado final aproximado sobre o que está sendo visto no monitor.

 

Criando peças com múltiplos canais de cores

A discrepância de tons pode ser evitada com as plataformas de edição trabalhando com múltiplos canais de cores. Isso inclui os canais RGB e CMYK.  Ao criar uma peça com a intenção de imprimi-la, ficar atento ao modo de cor usado. É muito comum  isso gerar tons de cores lavados e opacos decorrentes da mudança de cor luz para cor pigmento. Além disso, em alguns casos, até mesmo a variação completa de cor.

Contudo, as cores informam muito sobre o cliente e a forma como se apresenta para o mundo. Os erros nessa etapa podem acarretar em insatisfação por parte do cliente final.  Especialmente pela possibilidade de distorção da identidade visual ocasionadas por imprevistos.

Em alguns casos, até mesmo a variação completa de cor. Os erros nessa etapa podem acarretar em insatisfação por parte do cliente final, especialmente pela possibilidade de distorção da identidade visual ocasionadas por imprevistos.

O processo gráfico e o cuidado com os canais de cores, assim como o suporte para exibição de material, tanto impresso, quanto digital, faz parte do complexo sistema de criação e como todas as outras etapas merecem grande atenção, quando o foco é uma entrega final de qualidade e satisfação do cliente.

Tags:, ,
Em: home, Posts

Sobre o autor

ZOOM Comunicação

 

Assessoria de imprensa: como funciona?

Como funciona uma assessoria de imprensa?

In home, Posts
Posted on jul 28 2020 at 15:05

Nos jornais e programas de televisão, sempre assistimos matérias sobre a inovação de uma empresa [...]

Read More
home office

Como contratar um colaborador para home office adequado

In home, Posts
Posted on jul 21 2020 at 13:07

Considerando o cenário de pandemia no Brasil, infelizmente vai demorar um pouco até tudo voltar [...]

Read More

Vantagens de fazer um curso de redes sociais online

In home, Posts
Posted on jul 13 2020 at 09:43

Não importa se você está há anos no mercado de trabalho ou entrando na faculdade [...]

Read More